sábado, 20 de agosto de 2011


O VIAJANTE E A URSA

Iam dois viajantes por um caminho quando deram de cara com uma ursa enorme e faminta. Um deles, mais esperto, deu um pulo, e acocorou-se no alto de uma árvore. Ficou lá sem respirar para que a ursa não notasse a sua presença. O outro, deitou-se no chão e fingiu-se de morto, pois sabia que os ursos não mexem com os mortos. A ursa aproximou-se do que estava deitado, cheirou-o, lambeu-o, olhou de pertinho e foi embora. Só então o outro se aproximou, curiosíssimo:

 O que foi que ela cochichou no seu ouvido?

Ela disse para eu nunca mais viajar com amigos que me deixam sozinho na hora do perigo.

7 comentários:

  1. Encontramos muitos desses amigos no caminho...Pena que as fábulas já não fazem parte do universo infantil como antigamente...
    Lindo final de semana,Jacque!
    Bjs,Ana

    ResponderExcluir
  2. O mais esperto é que era o verdadeiro "amigo urso" (rsss).
    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Q belo ensinamento. Amigo é aquele q está para o q der e vier. Esses são os verdadeiros. Muita paz!

    ResponderExcluir
  4. Oi Jacque, como esta?
    Desculpa não vir te visitar antes mas meu blog tá atrapalhado de novo, não consigo entrar nos blogs que acompanho.
    Dei um Google com A casa da Fada pra entrar aqui hoje...
    Estoria boa, meu professor de Educação Moral e Civica (?) é que sempre contava esta estorias para falar das boas e más amizades...bons tempos!!!!
    Um abraço querida e boa semana.

    ResponderExcluir
  5. Essa história serve para mostrar os verdadeiros
    amigos "ursos".

    Bjus e boa semana!
    Hilda

    ResponderExcluir
  6. Querida amiga, cuidado con los paseos sola, el mundo está lleno de alimañas que nos podemos encontrar.
    Gracias por compartir.
    Un abrazo.
    Jecego.

    ResponderExcluir
  7. Bons ensinamentos os das fábulas, sempre nos deixam uma lição em cada moral da história! E amigos ursos temos muitos por aí.
    Tenha uma linda noite, muita paz!
    Beijos

    ResponderExcluir