sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011


A FADA DO NATAL

AS FADAS  TAMBÉM COMEMORAM O NATAL! 
SUA COMEMORAÇÃO É SÓ UM POUCO DIFERENTE! 
ELAS LANÇAM FAGULHAS DE AMOR NO AR! 
E AÍ ESSAS FAGULHAS DE AMOR SE 
ESPALHAM POR TODOS OS LUGARES!


FELIZ NATAL !

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011


Fada Madrinha de Dezembro

FADA: MEG MULLACH

Meg Mullach é mencionada pela primeira vez em as “Miscellanies” de Aubrey 
como uma fada que habitou muito tempo o castelo de Tullochgorm, 
propriedade dos Grants de Strathspey.
Seu nome significa “a peluda”, por seu abundante pêlo. 
Apresenta pele escura, rosto enrugado, 
não possui nariz e mede em torno de sessenta centímetros. 
Dirige as criadas da casa e serve as comidas como por arte de magia. 
É a melhor aliada na organização de festas. 
Essa fada infunde entusiasmo e ânimo festivo, 
transmite vitalidade e sabedoria popular.

RITUAL para obter seus favores: Enfeite seus vasos de flores e sua árvore de natal 
com pequenos laços de fita vermelhas.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011


FADA CRISTAL

É bem mimosa a Fadinha Cristal
Toda delicada e muito sensível
Gosta de tudo muito explicadinho
Confusão com ela não é possível

Fica bem quietinha alegremente a voar
Nos bosques com os amigos pirilampos
Não venha pensando dela se aproximar
Quando estiver fazendo magia e meditando

Certamente serão feitiços sobre o amor
Sempre envolvida por nuvens de carinho
Carrega todas as delícias e queixumes
Essa Fadinha é querida e cheia de denguinho

Cada dia deslumbra com uma cor diferente
Seus feitiços dependem do reflexo solar
Consegue estar sempre linda e atraente
É uma doce magia espalhada no ar


(SoninhaBB)

sexta-feira, 18 de novembro de 2011


A Fada Cor-de-Rosa

A Fada Cor-de-Rosa faz parte do grupo das Fadas das Cores.
Esta fada apesar de ter asas coloridas adora cor-de-rosa e veste-se sempre dessa cor.
O seu poder é dar cor-de-rosa às coisas que devem ser dessa cor. 
Por vezes ela fica aborrecida, por ter poucas coisas da cor rosa, 
mas as outras Fadas das Cores solucionam o problema 
e dão um raspanete à Fada Cor-de-Rosa 
que ao sentir-se arrependida pede desculpa 
fazendo com que as outras fadas fiquem felizes.

quarta-feira, 9 de novembro de 2011


As Fadas da Água

As Fadas da Água vivem nas águas do oceano em modo de sereia 
e quase nunca vêm ao mundo exterior porque o seu trabalho é na água. 
Elas têm de fazer as ondas e a espuma das águas. 
Passam dias a fiar o brilho das águas para poder haver vida nos oceanos.
Estas fadas, enquanto na água são sereias, na terra são fadas. 
Outra das suas características é poderem falar com animais aquáticos 
e impedir desastrosas lutas.

quinta-feira, 3 de novembro de 2011


FADA MADRINHA DO MÊS DE NOVEMBRO

FADA DA INTUIÇÃO: SEAWEED

Seaweed é uma "nereida", um dos Espíritos do Mar, que atualmente sua tarefa consiste em ajudar todos aqueles seres humanos que viajam perdidos em tempestades...Quando ao olharmos para o mar, nos sentimos transportados para muito longe, sentindo nascer em nós uma eufórica sensação de liberdade e, quando mexidos pelo som das ondas, deixamos vagar nossos pensamentos, Seaweed sussurra à nossos ouvidos palavras esquecidas.

MENSAGEM: "Eu posso ensinar-te a respiração do mar. Não sentes como o contínuo o fluxo e o refluxo se parece com a respiração? Tua respiração, igual a do mar, é como um ir e vir, um dar e receber, é transformação e é criação. Os tesouros que o mar oculta entre suas profundas águas são méritos de sua respiração... E há muitos tesouros submersos que vivem nas profundezas de teu ser que são...tudo o que tu és.

segunda-feira, 10 de outubro de 2011


Oração pela Saúde 

Ao Glorioso Rafael Arcanjo, Arcanjo da presença de Deus, Patrono dos Amantes sinceros e da Saúde.
Peço Misericórdia e cura nos caminhos de (fale o nome da pessoa) para que sua mente,
suas emoções e sua alma se restabeleçam
e possa este filho de Deus ter a graça de curar os males do espírito e do corpo.
Arcanjo Rafael, Arcanjo do trono do Altíssimo,
tu conheces os caminhos e o coração de cada um que anda sobre a Terra.
Sabes as pragas e as maldições que nos cercam.
Protegei junto com os Senhores da Chama a alma, o coração e o corpo de (fale o nome da pessoa);
para que sua mente se equilibre e seu coração possa se abrir para encontrar a cura esperada,
segundo o seu merecimento e suas ações.
Eu (fale seu nome completo) me coloco diante de Ti e dou graças
e louvores a Deus e todos os tronos de seres de Luz, dos Anjos, dos Arcanjos, antepassados,
ancestrais, ao mundo visível e invisível, pois sei que minha súplica
será aceita para a glória do Arcanjo Rafael e dos Anjos e que neste instante
(fale o nome da pessoa) sinta o amor que flui do meu coração,
o cobrindo de ternura e trazendo a cura, a alegria e a vida que somente aqueles que amam de verdade podem transmitir.
Que o céu e a Terra louvem o nome de Deus e dos anjos agora e para todo Sempre
Assim Seja.

terça-feira, 4 de outubro de 2011


O OTIMISMO É A FÉ EM AÇÃO

" Nada se pode levar a efeito sem otimismo.”

Já estamos vivendo uma nova realidade.

Se sua vida continua a mesma é porque você ainda não abriu os canais que estão em você para a conexão dessa nova vida.

Se você ainda espera que algo ou alguém o salve de todos os problemas que criou em sua vida, esqueça, ninguém aparecerá para salvá-lo. O trabalho é seu, todo seu. Esse é o grande aprendizado desta era que se inicia - você precisa apropriar-se de si mesmo, aprender a conectar-se com a Energia Divina. Precisa urgentemente crescer, sair da condição de vítima desorientada e se apropriar da condição de fazedor de seu destino.

Lembre-se sempre, a todo o momento das palavras de Gandhi:

"Mantenha seus pensamentos positivos, porque seus pensamentos tornam-se suas atitudes. Mantenha suas atitudes positivas porque suas atitudes tornam-se seus hábitos. Mantenha seus hábitos positivos, porque seus hábitos tornam-se seus valores. Mantenha seus valores positivos porque seus valores tornam-se seus destinos."

Chegou a hora de decidir, não cabe mais nenhum tipo de lamentação. Não se permita mais o papel de vítima. Hoje você dispõe de técnicas, informações, vários tipos de terapias específicas para conseguir sair da condição que tem se encontrado por toda sua vida. O momento é de mudanças, mas elas dependem apenas de você. Decida-se e abra-se para as novas energias.

Vamos juntos refletir um minuto sobre as palavras de Gandhi:

1- Mantenha seus pensamentos positivos, porque seus pensamentos tornam-se suas atitudes

Todo pensamento é emitido unido a um sentimento e possui uma onda de freqüência e vibração. Quando esse pensamento/sentimento é emitido, ele adquire uma forma, ou seja, ele se transforma em uma forma de pensamento, uma vida semi-inteligente. Conclusão: Se o pensamento é positivo, você criou um aliado, caso contrário, criou um inimigo.

2- Mantenha suas atitudes positivas porque suas atitudes tornam-se seus hábitos
Sempre que você quiser combater uma forma de pensamento negativa, você deve criar uma forma oposta. Se você está condicionado a ter determinada atitude diante de uma situação, segure seu impulso e inverta a direção de seus atos.

3- Mantenha seus hábitos positivos porque seus hábitos tornam-se seus valores
Criamos hábitos a partir de nossas atitudes. A única maneira eficiente de criar um hábito saudável é nos utilizarmos de nossas consciências e nos comprometermos com a mudança desse hábito.

4- Mantenha seus hábitos positivos porque seus hábitos tornam-se seus valores
Os hábitos que não fazem sentido ou que nos prejudicam devem ser eliminados por meio da conscientização do pensamento e da atitude que o criou. É dessa maneira que você se liberta de valores que não fazem o menor sentido para você. Muitas vezes vivemos automaticamente a partir de valores que aprendemos há dezenas de anos, sem nos darmos conta de que eles apenas prejudicam nosso encontro com nosso ser essencial.

5- Mantenha seus valores positivos porque seus valores tornam-se o seu destino
Mudando seus valores, mudam suas escolhas e, mudando suas escolhas, você muda o seu destino. E melhor: quando tudo isso é feito a partir de uma tomada de consciência, você tem o seu destino em suas mãos. Como pode perceber, a partir do controle e mudança de seus pensamentos, você pode iniciar uma rica caminhada em direção à mudança efetiva de sua vida.

Texto de Eunice Ferrari

sábado, 1 de outubro de 2011

 

Fada Madrinha de Outubro:

Fada GIRLE

Girle é uma fada doméstica, que aparece unicamente à noite para ajudar a completar os trabalhos que os fazendeiros deixaram de concluir durante suas tarefas diárias.

Está diretamente associada com a prosperidade das famílias que escolhem para viver.

Deve ser invocada sempre que estivermos passando por um grave problema financeiro.

sábado, 17 de setembro de 2011




Eu sou a tua fada da Paz.

Trabalho para afastar tuas dúvidas e tristezas,
tuas mágoas e pensamentos negativos.
Inspiro-te autoconfiança e serenidade.
Acalento teu coração nos momentos de conflito.

Proporciono-te bem-estar físico e espiritual.
Faço-te ficar de bem com a vida!
É muito fácil me achar.
Moro na rua da Paz do teu coração!


Eu sou a tua fada do Amor!

Desperto os teus sentimentos mais puros e reais,
Incentivo-te a atos de fraternidade e perdão,
de carinho e romantismo.

Aqueço o teu coração em todos os momentos.
Retribuo em dobro a tua doação de amor.
Faço tua conexão direta com Deus!

É muito fácil me achar.
Moro na rua do Amor do teu coração!



Eu sou a tua fada da Felicidade!

Poderás me achar sempre!
Mas antes terás que passar pelas ruas
da Paz e do Amor.

(Tahyane Rangel)

sexta-feira, 9 de setembro de 2011



Prece Celta

Que a benção da luz seja contigo: 
a luz exterior e a luz interior. 
Que a santa luz do sol brilhe sobre ti 
e aqueça teu coração até que ele resplandeça 
como um grande fogo de turfa.

E assim o forasteiro possa vir e nele se aquecer, 
como também o amigo. 
Que a luz brilhe de dentro de teus olhos 
como candeia colocada na janela de uma casa, 
oferecendo ao peregrino um refúgio na tormenta.

E que a benção da chuva suave e boa seja contigo. 
Que ela tombe sobre tua alma 
para que as pequenas flores, 
todas possam surgir e derramar suavidade na brisa.

Que a benção das grandes chuvas seja contigo, 
caindo em tua alma para lavá-la bem lavada, 
nela deixando muitas poças reluzentes 
Onde o azul do céu possa brilhar e, às vezes, uma estrela.

E que a benção da terra, da grande terra redonda seja contigo. 
Que sempre tenhas uma saudação amiga 
aos que passam por ti ao longo dos caminhos.

Que a terra seja macia debaixo de ti 
quando nela repousares cansado, ao fim do dia 
e, leve, ela descanse sobre ti quando, 
no fim te deitares debaixo dela. 
Tão leve ela descanse sobre ti 
que a tua alma cedo se liberte de seu peso, 
livre e leve no caminho dos Deuses. 
E agora que o Senhor te abençoe. 
Com toda bondade necessária


quinta-feira, 1 de setembro de 2011



FADA Madrinha de Setembro: 

FIEMME

Fiemme é a fada protetora das crianças, amante do fogo, que adora fazer fogueiras com ervas aromáticas para perfumar o mundo.



Para adicionar mais proteção à toda sua família, acenda uma vela laranja, oferecendo à Fiemme, próximo à entrada da casa pelo lado de dentro e visualize um dragão adormecido com seu corpo verde enroscado em torno da sua casa. Deixe a vela terminar de queimar totalmente.


sábado, 20 de agosto de 2011


O VIAJANTE E A URSA

Iam dois viajantes por um caminho quando deram de cara com uma ursa enorme e faminta. Um deles, mais esperto, deu um pulo, e acocorou-se no alto de uma árvore. Ficou lá sem respirar para que a ursa não notasse a sua presença. O outro, deitou-se no chão e fingiu-se de morto, pois sabia que os ursos não mexem com os mortos. A ursa aproximou-se do que estava deitado, cheirou-o, lambeu-o, olhou de pertinho e foi embora. Só então o outro se aproximou, curiosíssimo:

 O que foi que ela cochichou no seu ouvido?

Ela disse para eu nunca mais viajar com amigos que me deixam sozinho na hora do perigo.

sábado, 13 de agosto de 2011

 
"Não acreditar numa coisa não faz deixar de existir...
Os seres encantados, todos eles, 
existem independentemente da crença das pessoas neles..."




segunda-feira, 8 de agosto de 2011



Invocação aos Anjos de Cura

Salve Anjos da Arte de Curar!
Vinde em nosso auxílio,
derramai vossa vida e saúde
sobre as pessoas cujos nomes serão lidos (ou falados).

Que cada célula se encha de novo de força vital,
que o sentir atormentado se acalme dando repouso aos nervos.
Que uma onda crescente de vida invada todos os veículos da consciência, para que vosso poder de cura restabeleça a alma e o corpo.

Deixai junto aos enfermos um Anjo que vele, conforte e proteja até que volte a saúde nas condições em que é feita a vontade de Deus nosso Pai !
Que o Poder do Senhor mantenha longe todo o mal, acelere a volta da força material e espiritual !

Salve Anjos da Arte de Curar !
Vinde em nosso auxílio,
afastai de nós vibrações negativas

Amem

sábado, 6 de agosto de 2011


BLODEUWEDD 
(Deusa do Amor e da Beleza)

Blodeuwedd é uma Deusa feita de flores que representa a beleza natural e vai ajudar você a perceber sua própria beleza natural. Vai ajudá-la também a escolher entre dois amores. Os domínios da Deusa Blodeuwedd abrangem todas as questões relacionadas ao amor, à beleza e à sedução. As mulheres que possuem esse arquétipo ativo, gostam de se apaixonar e de fazer amor. Fisicamente, irradiam grande atração sexual. Quando chegam em qualquer lugar, os olhos masculinos não deixam de percebê-las. Os mistérios e rituais de amor são seus domínios e elas podem passar um bom tempo tramando e planejando seus casos. 

Cor da roupa: verde claro, esmeralda,rosa, cor de alfazema, preta, branca, cinza e roxa. 
Óleos: lótus, lírio, patchulli, hissopo, lima, mirra, fava de cumaru e jasmim.
Ervas: agrião, alga, folhas de parreira, lobélia, artemísia, narciso e salgueiro.
Pedras: ametista, safira, pedra da lua, conchas do mar, água-marinha, jaspe sanguíneo e quartzo azul.
Ritual de Proteção: carregue sempre uma pedra da lua com você.

segunda-feira, 1 de agosto de 2011


FADA MADRINHA DE AGOSTO

FADA: ELLYLLON

É uma fada diminuta que vive no País de Gales 
e se alimenta de cogumelos e da manteiga que as fadas extraem 
das raízes das árvores velhas. 


Vivem nos bosques, perto das colinas, em regime de comunidade.



Essa fada restitui a força e o entusiasmo pelo trabalho. 
Conduz ao caminho da prosperidade e afugenta a má sorte.

RITUAL para obter seus favores: 
frite cogumelos com manteiga 
e coloque próximo de qualquer árvore 
ao lado de uma vela verde acesa.

sexta-feira, 29 de julho de 2011



OS ESSÊNIOS

O nome Essênios deriva da palavra egípcia Kashai, que significa "secreto". Na língua grega, o termo utilizado é "therepeutes", originário da palavra Síria "asaya", que significa médico.

A organização nasceu no Egito nos anos que precedem o Faraó Akhenathon, o grande fundador da primeira religião monoteísta, sendo difundida em diferentes partes do mundo, inclusive em Qumran. Nos escritos dos Rosacruzes, os Essênios são considerados como uma ramificação da "Grande Fraternidade Branca".

Segundo estudiosos, foram nesse meio onde passou Jesus, no período que corresponde entre seus 13 e 30 anos. Alguns estudiosos também acreditam que a Igreja Católica procura manter silêncio acerca dos essênios, tentando ocultar que receberam desta seita muitas influências.

Para medir o tempo, os Essênios utilizavam um calendário diferenciado, baseado no Sol. Ao contrário do utilizado na época, que consistia de 354 dias, seu calendário continha 364 dias que eram divididos em 52 semanas permitindo que cada estação do ano fosse dividida em 13 semanas e mais um dia, unindo cada uma delas. Consideravam seu calendário sintonizado com a "Lei da Grande Luz do Céu". Seu ritmo contínuo significava ainda que o primeiro dia do ano e de cada estação sempre caía no mesmo dia da semana, quarta-feira, já que de acordo com o Gênesis foi ao quarto dia que a Lua e o Sol foram criados.

Segundo os Manuais de Disciplina dos Essênios dos Manuscritos do Mar Morto, os essênios eram realmente originários do Egito, e durante a dominação do Império Selêucida, em 170 A.C. formaram um pequeno grupo de judeus, que abandonou as cidades e rumou para o deserto, passando a viver às margens do Mar Morto, e cujas colônias estendiam-se até o vale do Nilo.

No meio da corrupção que imperava, os essênios conservavam a tradição dos profetas e o segredo da Pura Doutrina. De costumes irrepreensíveis, moralidade exemplar, pacífica e de boa fé, dedicava-se ao estudo espiritualista, à contemplação e à caridade, longe do materialismo avassalador. Os essênios suportavam com admirável estoicismo os maiores sacrifícios para não violar o menor preceito religioso. Procuravam servir a Deus, auxiliando o próximo, sem imolações no altar e sem cultuar imagens. Eram livres, trabalhavam em comunidade, vivendo do que produziam.

Os Essênios não tinham criados, pois acreditavam que todo homem e mulher eram um ser livre. Tornaram-se famosos pelo conhecimento e uso das ervas, entregando-se abertamente ao exercício da medicina ocultista. Não era possível encontrar entre eles açougueiros ou fabricantes de armas, mas sim grande quantidade de mestres, escribas, instrutores, que através do ensino passavam de forma sutil os pensamentos da seita aos leigos.

Em seus ensinos, seguindo o método das Escolas Iniciáticas, submetiam os discípulos a rituais de Iniciação, conforme adquiriam conhecimentos e passavam para graus mais avançados. Mostravam então, tanto na teoria quanto na prática, as Leis Superiores do Universo e da Vida, tristemente esquecidas na ocasião. Alguns dizem que eles preparavam a vinda do Messias.

Era uma seita aberta aos necessitados e desamparados, mantendo assim inúmeras atividades onde a acolhida, o tratamento de doentes e a instrução dos jovens eram as faces externa de seus objetivos. Não há nenhum documento que comprove a estada essênia de Jesus, no entanto seus atos são típicos de quem foi iniciado nesta seita. A missão dos seguidores do Mestre Verdadeiro foi a de difundir a vinda de um Messias e nisto contribuíram para a chegada de Jesus.


ORAÇÕES MÁGICAS DOS ESSÊNIOS

Oração para a manhã de Sábado
– Comunhão com a Mãe Terrenal.
Em voz alta, diga: A Mãe Terrenal e eu somos um. Ela dá o alimento da Vida a todo o meu corpo!

Depois concentre-se e medite sobre a força dos frutos..., grãos... e plantas que cobrem o planeta.
Sinta as emanações terrestres fluindo até você e fortalecendo o metabolismo de seu corpo.


Oração para a manhã de Domingo
– Comunhão com o Anjo da Terra.
Em voz alta, diga: Anjo da Terra, abençoa meus órgãos reprodutores e regenera todo o meu corpo!

Então, concentre-se e medite sobre a força do crescimento das plantas... e o poder germinativo das sementes.
Sinta o fluxo do Anjo da Terra transformando a sua energia sexual em força regenerativa.


Oração para a manhã de Segunda-feira
– Comunhão com o Anjo da Vida.
Em voz alta, diga: Anjo da Vida, abençoa meus membros e fortalece todo o meu corpo!

Medite a respeito das árvores... e florestas.
Sinta o seu corpo absorvendo a Força Vital que irradia da natureza.


Oração para a manhã de Terça-feira
– Comunhão com o anjo da Felicidade.
Em voz alta, diga: Anjo da Felicidade, desce até a Terra e confere a Beleza a todas as coisas!

Então, medite na cor do poente..., no aroma de uma flor... ou no canto de um pássaro.
Saboreie essas sensações, recebendo as vibrações da Beleza.


Oração para a manhã de Quarta-feira
– Comunhão com o anjo do Sol.
Em voz alta, diga: Anjo do Sol, abençoa o meu centro solar e comunica o fogo da Vida a todo o meu corpo!

Em seguida, medite no Sol... e em seus raios dourados.
Sinta os raios solares penetrando pelo seu peito e sendo enviados por todo o seu organismo.


Oração para a manhã de Quinta-feira
– Comunhão com o Anjo da Água.
Em voz alta, diga: Anjo da Água, abençoa o meu sangue e concede a Água da Vida a todo o meu corpo!

Depois, medite nas águas dos mares... rios... e lagos.
Sinta as correntes da água da Vida penetrando em sua corrente sangüínea.


Oração para a manhã de Sexta-feira
– Comunhão com o anjo do Ar.
Em voz alta, diga: Anjo do Ar, abençoa os meus pulmões e insufla o Ar da Vida a todo o meu corpo!

Depois, medite no ar puro das montanhas... e vales.
Sinta o Ar da Vida invadindo seus pulmões!

quinta-feira, 28 de julho de 2011


As fadas

A própria definição do que é um fada é tão fugidia quanto as suas aparições. O folclorista Joseph Ritson, na sua dissertação On Faries, define fadas como uma espécie de seres parcialmente materiais, parcialmente espirituais, com o poder de mudarem a sua aparência e de, conforme a sua vontade, serem visíveis ou invisíveis para os seres humanos. Já Jorge Luís Borges e Margarita Guerrero em O Livros dos Seres Imaginários dá a seguinte descrição: "Seu nome se vincula ao vocábulo latino fatum (fado, destino). Intervêm magicamente no que sucede aos homens. Já foi dito que as fadas são as mais numerosas, as mais belas e as mais memoráveis das divindades menores. Não estão limitadas a uma única região ou a uma única época. Os antigos gregos, os esquimós e os pele-vermelhas narram histórias de heróis que alcançaram o amor dessas fantásticas criaturas. Tais aventuras são perigosas; a fada, uma vez satisfeita sua paixão, pode matar seus amantes. Na Irlanda e na Escócia atribuem-lhes moradas subterrâneas, onde confinam crianças e os homens que costumam seqüestrar. O povo crê que elas possuíam as pontas de flechas neolíticas que desenterraram nos campos e as quais dotam de infalíveis virtudes medicinais. As fadas gostam da cor verde, do canto e da música."

quarta-feira, 27 de julho de 2011

 


Incenso e sua Magia

Incenso e sua Magia, elimina as energias negativas.
O incenso elimina as energias negativas do ambiente e também ajuda na meditação , no relaxamento e até no físico.
Tem a incumbência de levar a prece aos Deuses.
Seu uso é universal, associando o homem à divindade, o finito ao infinito, o mortal ao imortal. Relacionado ao elemento Ar, representa a percepção da consciência que (no ar) está presente em toda parte.
Os incensos devem sempre ser acendidos com fósforos, por ser natural, nunca apagados com um sopro, para que não seja passado para ele as impurezas do nosso corpo.
Os incensos devem ser acesos para energizar e transmutar as energias aonde se encontram. Funcionam como purificadores e condutores de vibrações, sejam das pessoas ou dos locais.



Histórico do Incenso

Egípcios - são, talvez, os mais antigos na arte da manufatura e do uso de incensos. O mais famoso incenso egípcio é o Kyphi (ou Khyphi), que era produzido dentro de um templo e sob ritual altamente secreto. Era um composto de efeito muito benéfico, e Plutarco o definia como: "O incenso tem dezesseis (16) ingredientes, número que constitui o quadrado de um quadrado e tais ingredientes são coisas que, à noite, deliciam. Tem o poder de adormecer as pessoas, iluminar os sonhos e relaxar as tensões diárias, trazendo a calma e quietude àqueles que o respiram."

Um dos seus ingredientes é o popular olíbano, árvore considerada sagrada, e durante a poda ou a coleta da resina, os homens deviam se abster de contato sexual ou com a morte.

Plutarco forneceu a lista dos 16 ingredientes usados na preparação desse incenso: mel, vinho, passas, junco doce, resina, mirra, olíbano, séseli, cálamo, betume, labaça, thryon, as duas espécies de arcouthelds, caramum e raiz de Íris.

Hindus - sempre foram apaixonados por aromas agradáveis e, a Índia (nos tempos antigos) sempre foi celebre por seus perfumes. A importação de incenso da Arábia foi uma das primeiras, mas outros materiais aromáticos também eram usados, como: benjoim, resinas, cânfora, sementes, raízes, flores secas e madeiras aromáticas. O sândalo era um dos itens mais populares da época. Esses materiais eram queimados em rituais públicos ou em casa.

Judaico- no Velho testamento encontram-se várias referências ao seu uso entre os judeus. Geralmente os pesquisadores concordam que a queima do incenso só foi introduzida no ritual judaico em torno do século VII a.C. o primeiro incenso era composto de poucos ingredientes: estoraque, onicha, gálbano e olíbano puro; e sua preparação era semelhante aos sacerdotes egípcios.

Grego - começou a ser difundido no século VIII a.C., vindo da Fenícia.

Budismo - começou a ser difundido por volta do século VII a.C.; e junto com os perfumes, constituía uma das sete oferendas sensoriais, que formam um dos sete estágios de adoração.

Romano - muito utilizado na Festa do Pastor, junto com ramos de oliveira, louros e ervas, assim com da mirra e açafrão.

Cristianismo - foram os que mais demoraram a adotar o incenso em seus ritos. Só após o século V, seu uso foi aumentando lentamente. Por volta do século XIV, tornou-se parte da Missa Solene e outros serviços.

Islamismo - não há referencia ao seu uso no sentido religioso, mas a tradição nos mostra que o seu perfume, pode ser usado como uma referencia aos mortos.

Outros cultos - é um acessório comum às cerimonias mágicas, para neutralizar as energias negativas, por exemplo, ou usado nos métodos de encantamentos. As letras do nome da pessoa para qual é feito o encantamento indicam qual o perfume necessário. Os materiais mais usados são: olíbano, benjoim, estoraque, sementes de coentro, aloés (babosa), entre outros.


sexta-feira, 22 de julho de 2011


Os Silfos...
Muito lindinhos...



Veja, nos marcadores, a minha primeira postagem sobre os Silfos...
Vc vai saber quem são eles...

segunda-feira, 18 de julho de 2011


Hoje eu gostaria de homenagear os nossos amiguinhos, 
Os Duendes...
Mostrando as suas lindas casas... 
Casas fofinhas e coloridas... Assim como eles...






sábado, 9 de julho de 2011


Dilia, A Fada da Lua

Dilia é uma fada que vive à noite. 
Curiosa, costuma sair do oco de sua árvore e visitar humanos nas noites de lua cheia. 
Dilia adora música. Por isso, às vezes assume a forma de uma jovem 
para divertir-se em festas e bailes. 
Quando deseja dançar, Dilia canaliza a força do luar e materializa-se 
tornando-se a mais encantadora das bailarinas. 
Todos os que a viram jamais esqueceram sua graça e elegância. 
Diz-se em vários países que fadas se comunicam por meio de um idioma próprio, 
incompreensivel para os adultos e perfeitamente familiar para as crianças. 
Assim, quando percebe que uma criança está assustada com a noite, 
Dilia sussurra suas estranhas canções nos ventos, 
e a criança escolhida começa a cantarolar melodias desconhecidas, 
palavras inexistentes em sua língua, 
que misteriosamente, lhe trazem alegria e bem-estar.

sexta-feira, 1 de julho de 2011


A Fada Madrinha de Julho
FADA: CLIODHNA

Cliodhna é uma fada de rara beleza e longos cabelos loiros 
que gosta de ajudar os enfermos e aliviar sua dor.
Ela possui três pássaros mágicos, 
os quais cantam nos sonhos dos doentes, fazendo-os melhorar.
Ela é a Rainha de Munster.

RITUAL:

Entre em alfa e visualize três pássaros dourados voando sobre você.
Escute o som de seu canto e depois peça saúde e proteção para você e toda a sua família.
Como oferenda jogue sementes de girassol ao ar livre para que os pássaros possam comê-las.

quarta-feira, 22 de junho de 2011


Prece Celta

Profunda paz da água corrente para ti,
Profunda paz do ar fluido para ti,
Profunda paz da terra tranquila para ti,
Profunda paz das brilhantes estrelas para ti,

Profunda paz do Filho da Paz para ti.

segunda-feira, 20 de junho de 2011


Avalon, a ilha das maçãs

Avalon, um reino de pura beleza e amor, de maravilhas, da magia da grande Deusa, a busca constante de todo o ser humano que, apesar de todas as desilusões, ainda tem a esperança de fazer deste mundo uma lenda real, ou seja, um lugar melhor para se viver.
A maçã representa a imortalidade, o conhecimento e a magia. Existem vários relatos referentes a sua simbologia e às viagens célticas, conhecidas como Immran, ao Outro Mundo, supostamente, uma realidade contígua à realidade comum.
Os Immram, são jornadas místicas, nas quais um herói é atraído por uma fada, que lhe entrega um ramo de maçã e o convida para ir para o Outro Mundo, como em "A Viagem de Bran", Filho de Febal. Outro Immram, relata "A Viagem de Maelduin", que trata da busca do herói pelos assassinos de seu pai. Ele passa por uma ilha onde encontra uma macieira e dela corta um ramo com três maçãs. Estes frutos são capazes de saciar a sua fome e a de seus companheiros por quarenta dias sem ingestão de qualquer outro alimento.

domingo, 12 de junho de 2011



Dois monges que faziam uma peregrinação chegaram a margem de um rio.
Ali viram uma moça com trajes finos que não sabia como prosseguir, pois o rio estava alto e 
ela não queria estragar sua roupa.
Sem delongas, um dos monges pôs a moça nas costas, carregou-a até a outra margem e ali a 
deixou no chão seco.

Os dois monges continuaram seu caminho.
Depois de um tempo, o segundo monge disse:
- "É contra os mandamentos tocar uma mulher. Como pôde desobedecer às regras dos monges?"
[...] E se pôs a falar sem parar.

O monge que carregara a moça continuou a caminhar em silêncio, mas finalmente observou:
- "Eu a pus no chão da margem do rio. Mas você ainda a está carregando".

segunda-feira, 6 de junho de 2011


Prece Celta

Uma Prece ao Melhor de Teu Ser

Que esses escritos levem amor ao teu coração.
Que tudo que é trevoso se afaste de ti.
Que tu te encantes com o presente da vida.
Que tua alma seja curada na luz.
Que teus pensamentos sejam justos.
Que tuas mãos sejam curadoras.
Que teu trabalho te dignifique.
Que tu sejas querido na prece dos outros.
Que teu olhar revele o brilho do Eterno.
Que tu tenhas consciência da Sagrada Presença.
Que tu vejas algo lindo, mesmo num dia cinzento.
Que tu não deixes passar um grande amor...
Que teu coração seja generoso, como o sol.
Que teus passos sejam honrados.
Que a perda de alguém querido não te seja um fardo.
Que os reveses de tua vida sejam lições de sabedoria.
Que tu aprecies muitas canções, e se encante com elas.
Que tu não tenhas medo de amar.
Que tuas emoções não te sejam um peso.
Que tu honres aos teus pais e teus ancestrais.
Que tu sejas um bom exemplo de vida para teus filhos.
Que tu atravesses a vida com assombro e admiração.
Que a chuva lave tuas mágoas e te renove o viver.
Que tu saibas se abrir, para a vida te dizer algo justo.
Que teus lábios estejam sempre fechados para queixumes.
Que, por mais que te atentem, não traias teu coração.
Que tu saibas perdoar, aos outros e a ti mesmo.
Que tu tenhas sabedoria para corrigir teus erros.
Que tu não vejas a cor da pele dos homens, mas a luz neles.
Que o mal não faça morada em teu coração.
Que tu não valorizes aquilo que rebaixa o teu espírito.
Que nada te afastes da luz e do amor verdadeiros.
Que tu estejas sempre num círculo de luz.

quarta-feira, 1 de junho de 2011


Fada Madrinha de Junho
FADA JOAN

Joan é uma fada muito serviçal e ajuda todas as pessoas que se perdem no campo, 
ajudando-os a encontrar o caminho.
Ela pode ser invocada ainda, quando necessitarmos fazer uma escolha 
ou tomarmos uma decisão na vida, do tipo escolher uma profissão, trocarmos de emprego, etc.
É Joan que dita o melhor dos destinos e nos acompanha nas difíceis escolhas.

Ritual para atrair Joan:

Frite um pastel de queijo e passe-o em uma calda de mel.
Depois coloque-o em um pratinho branco e deposite-o como oferenda 
em qualquer praça ou jardim de sua casa.
Depois é só aguardar e ouvir a voz de seu coração, 
ou seja, da voz soprada pela fada Joan.
Ela virá te agradecer, por acreditar e pelo presente, 
e te auxiliará em suas dúvidas e decisões importantes.

sexta-feira, 27 de maio de 2011


Os Celtas

Os celtas eram um povo antigo, de origem indo-européia. Entre os séc. V e III a.C, estabeleceram-se na Europa, especialmente nas Ilhas Britânicas.

Os celtas estiveram presentes em praticamente todo o continente europeu, que possui fragmentos de sua cultura. O seu habitat inicial era o sudoeste da Alemanha, Europa ocidental e central. Com o domínio da agricultura, tecnologia na cerâmica e no bronze, ao longo de séculos, eles invadiram França, Espanha, Tchecoslováquia, sul da Alemanha, Áustria e grã- Bretanha. A sua história se estendeu por cerca de dois mil anos (de 1800 a.C. até o final do século I d.C.). A partir de 660 a.C., invadiram a Península Ibérica e, até a metade de século II a.C., expandiram-se para Ucrânia, Grécia, Ásia Menor, Gália e grande parte da Itália.

Aquele povo nórdico mantinha uma vida simples se comparada com a do mundo civilizado atual, e primava pela utilização das forças telúricas em todos as suas atividades, expressas basicamente através de ritos divinatórios.

Consideravam a natureza como a expressão máxima da Deusa Mãe, cuja manifestação era a natureza, por isso na sociedade celta, embora não fosse matriarcal, a mulher era soberana no domínio das forças.

Na realidade, a corrente migratória atlante direcionada para a Europa Ocidental não primou pelo desenvolvimento tecnológico. Ela não deu prosseguimento, por exemplo, à utilização e ao desenvolvimento da ciência dos cristais como fonte de energia. Preferiram a utilização da energia inerente aos canais das forças telúricas mais simples.

Os celtas entendiam que a terra comporta-se como um autêntico ser vivo, que nela a energia flui tal como nos meridianos de acupuntura de uma pessoa. Eles sabiam bem como se utilizarem de meios de controlar essa energia em beneficio da vida, das colheitas e da saúde.

O grande desenvolvimento dos celtas foi no campo de como manipular a energia sem o envolvimento de tecnologia alguma, somente através da mente. Enquanto outros descendentes da Atlântida usaram instrumentos, os que migraram para o oeste europeu, dos quais bem tardiamente surgiu como civilização celta, usaram apenas pedras, na maioria das vezes sob a forma de dolmens ou de menires.

Geralmente pedras eram usadas como meios para o desvio e canalização de energia. As construções megalíticas eram condensadores e drenadores de energia telúrica. Com elas os descendentes da Atlântida criavam vórtices nos canais de força telúrica, desviando-a para múltiplos fins.

Os Celtas chegaram a ter pleno conhecimento de que as forças telúricas podiam ser controladas pela mente, que a energia mental interagia com outros campos de forças, e que a energia mental podia direcionar os canais, ou até mesmo gerar canais secundários de força. Sabiam o que era a energia sutil, e que podiam aumentá-la de uma forma significativa mediante certos rituais praticados em lugares especiais. Para isto escolhiam e preparavam adequadamente os locais ideais para suas cerimoniais religiosas.

A realização dos festivais celtas não se prendia somente à localização, também tinham muito a ver com a época do ano, com determinadas efemérides, por isto ocorriam em datas precisas, ocasiões em que as forças cósmicas mais facilmente interagiam com as forças telúricas.

Os celtas sabiam que a energia telúrica sofria reflexões e refrações ao tocar coisas materiais, tal como ensina o Feng Shui, por isto é que eles praticavam seus rituais religiosos totalmente despidos. Isto não tinha qualquer conotação erótica, era antes um modo da energia não ser impedida ou desviada pelas vestimentas.

Também tinham conhecimentos de como viver em harmonia com a terra, da importância de manterem a terra sadia. Assim sendo, evitavam mutilá-la, inutilmente, e sabiam, até mesmo, da importância de tratá-la. Tal como um acupunturista trata uma pessoa quando o fluxo de energia não está se processando de uma forma adequada, da mesma forma eles procediam com relação à “Mãe Terra”. Estabeleciam uma interação entre a energia a nível pessoal com a energia a nível planetário e também a nível sideral.